quarta-feira, 6 de maio de 2015

Minha opinião sobre: Estojo Máximo Músico- Palavra Cantada

Oi pessoal, tudo  bem? Quero dizer que os feedbacks sobre o meu vídeo foram bem positivos. Fiquei muito feliz em saber que vocês gostaram e em breve farei outro, aguardem! Ah, e se quiserem dar alguma sugestão sobre algum assunto a ser abordado, fiquem a vontade! :)

Mas vamos ao post de hoje. 
Algumas semanas atrás, eu comprei este kit/estojo da turma da Palavra Cantada pra usar nas minhas aulas de música, pois achei o tema bem interessante. E hoje estou aqui para contar pra vocês como foi a minha experiência nas aulas de música. Lembrando que este post é sobre a MINHA opinião e como os meus alunos reagiram com o conteúdo, pois cada região/escola/criança é diferente, portanto, as conclusões podem variar de acordo com cada pessoa. 
Então vamos lá!


1. Sobre o material
O kit é composto por 3 livros que acompanham 3 cds.
Sinopse: "Máximo Músico é um ratinho muito curioso! Certo dia ele entrou numa sala de concertos e conheceu todos os instrumentos da orquestra e seus magníficos sons. Max ficou encantado pela música! Em outra aventura, ele descobriu que as crianças também podem tocar instrumentos musicais e, mais tarde, conheceu bailarinos que dançavam lindamente ao som da orquestra." 
Todos os 3 livros acompanham um cd cada um, com a história narrada pelo Palavra Cantada e as músicas tocadas durante a história. 




2- Onde comprar? 
Eu comprei na feira do livro que teve na escola em que dou aula, mas vocês podem encontrar em vários sites ou livrarias. Aqui estão alguns links, é só clicar em cima: Livraria Cultura, Ponto Frio, Rihappy, Fnac
Ou se quiser, dá um google pra procurar o melhor preço ou o site que você preferir.


3- Como eu trabalhei na sala de aula/Minha opinião/O que os alunos acharam
Planejei ouvir apenas uma parte da história do primeiro livro em cada aula, assim, as crianças não enjoariam e ficariam com aquele gostinho de "quero mais". E dito e feito, eles sempre pedem bis, foi uma excelente ideia! A turma do Infantil II (aproximadamente 4/5 anos) e Infantil I (aproximadamente 3/4 anos) adorou!
Em cada aula, ouvíamos uma parte da história pra não ficar muito cansativo, até que terminamos o primeiro livro e esta semana já iniciamos o Max 2 com muito entusiasmo.
Os livros são bem ilustrados e os desenhos são LINDOS!
Em todas as aulas, depois de ouvir a história, as crianças passavam o livro de mão em mão, nas páginas já contadas para apreciarem os desenhos de perto. 
As histórias não são tão curtas, por isso, achei que não funcionou para os meus alunos menores de 4 anos, pois eles perderam o foco muito rápido, o que é normal. Nesta idade, o ideal é a gente mesmo contar histórias. Mas se a turma for pequena, ainda vale tentar, pois a história é encantadora e a forma com que o Paulo Tatit e Sandra Peres narram, é fascinante!
A minha dica para os menores é: se você perceber que no decorrer da história, as crianças perderam o foco, pare o rádio e em tom de suspense na voz, diga que só saberão o restante na próxima aula! Assim, eles não enjoam e você pode continuar na semana seguinte.
O que você também pode fazer para facilitar, é antecipar a apresentação de alguns instrumentos musicais, fazendo outro tipo de atividade como bingos, jogos da memórias etc. Desta forma, quando forem ouvir a história, já estarão familiarizados com alguns nomes e sons de instrumentos.

Portanto, pessoal, a minha opinião é que eu AMEI este trabalho deles! Assim como amo tudo o que eles fazem, pois é tão bem feito que não tem como não se apaixonar.
E o que eu tenho pra dizer? Se puderem, comprem e não irão se arrepender! :)

Espero que eu tenha ajudado. E se tiverem alguma dúvida, é só deixar um comentário aqui!
Beijos e até o próximo post!
Alícia.




domingo, 12 de abril de 2015

VÍDEO: 12 dicas para sua aula de musicalização

Oi minha gente!! Sei que ando meio sumida daqui e gostaria de pedir desculpas mais uma vez. Espero que tenham paciência e compreendam. hehehe

Gravei um vídeo pra vocês, porque acho que é bem mais rápido e fácil de explicar algumas coisas do que ficar escrevendo, além de ser mais atrativo. Ainda estou em processo de aprendizagem com este recurso, aos poucos vou melhorando. hahaha
Tomara que gostem e que o conteúdo seja eficaz para as aulas de vocês!
;)

E se tiverem perguntas ou sugestões pra eu gravar outro vídeo, é só comentar aqui ou no youtube!








Beijos e até o próximo post! :)

sábado, 15 de novembro de 2014

Jogo da memória sonoro

Olá pessoal, quanto tempo!! Eu demoro mas não paro de postar! hahahha
A ideia de hoje já é bem conhecida, um jogo da memória de sons, mas o que eu achei legal foi a dica da bexiga, que tirei do site: Musiped
Se você nunca fez esse jogo, vem aprender!

Jogo da Memória Sonoro

Você vai precisar de:
- Garrafinhas de yogurt pequenas
- Bexigas (número 10) pra não rasgar
- Arroz, feijão, açúcar e tudo o que você quiser colocar dentro para ter diferentes sons. Lembre-se que é um jogo da memória, por isso, faça pares de sons iguais.



Montando:
Coloque o que você quiser dentro das garrafinhas e faça os pares de sons iguais. Lembre-se de colocar sempre a mesma quantidade para não ter diferença no som.
"Vista"a bexiga na garrafinha e pronto, seu jogo está pronto.

Este foi o meu, usei: arroz, feijão, açúcar, aveia e cartão de crédito cortado em quadradinhos iguais. 



O brincar:
Na minha aula, como as turmas são grandes, eu combinei com eles que quando alguém acertasse o par, não pegaria o chocalho. Marquei os pontos dos acertos e embaralhei o jogo em cada acerto pra ficar mais difícil. O ideal é ter bastante chocalho.
Ainda não terminei, preciso de mais ideias  do que colocar dentro das garrafinhas, vocês sabem? Podem me ajudar? Se puder, deixe seu comentário que eu agradeço! :)

Ah, lembrando que esse jogo é indicado para crianças de 4 anos pra cima, pois é preciso muita atenção e já conhecer um jogo da memória.


Espero que gostem e construam os seus!
Beijos, Alícia. 

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Tapete Sonoro

Oi gente, tudo bem?!
Hoje eu trouxe mais uma brincadeira tirada de um livro que eu tenho, que inclusive, a brincadeira do Boliche Sonoro também é de lá. E que material riquíssimo!! Amei ter encontrado este livro/artigo e quero dividir algumas brincadeiras que eu experimentei e que deram certo com vocês.
Espero que gostem, façam e contem suas experiências. Lembrando que cada um pode adaptar a brincadeira do seu jeito e de acordo com a sala de aula.



Tapete sonoro
Material:  
- Tapete ou folhas com peças móveis, em E.V.A, para servir de suporte às imagens sonoras.
- Kit’s temáticos de imagens: Paisagens da natureza (tempestade, mar, chuva, floresta) , instrumentos musicais, meios de transporte, e animais.
- Cd com estes sons.

O brincar: – Identificação sonora através da relação som e imagem:
Esta brincadeira poderá ser desenvolvida individualmente ou em duplas, em forma de competição.
1) As crianças deverão estar dispostas de maneira que todas possam ver as peças do Tapete, no espaço a ser utilizado para brincadeiras, por exemplo, sala de aula ou pátio. Como possibilidade de disposição das crianças sugerimos: Todas em semicírculo voltadas para os tapetes de EVA, que estarão posicionados um ao lado do outro. 

2) Em duplas ou individualmente, as crianças serão escolhidas e deverão ficar atentas ao som que o professor executar no radio.
3) O objetivo da brincadeira é que a criança, ao reconhecer o som executado, corra até à figura do instrumento que estará em uma das peças do Tapete e sente no lugar deste. Se o jogo for dado em duplas em forma de competição, marcará ponto quem primeiro identificar o som e chegar ao Tapete no lugar certo. Com crianças pequenas (abaixo de 4 anos) poderá ser feito o mesmo processo, apenas retirando o princípio de competição, focando apenas a identificação.

Variações dentro desta mesma proposta:
Variação I - Da mesma forma como foi descrito o trabalho com os instrumentos musicais, este processo pode ser feito com os outros Kit’s temáticos, por exemplo:
Com sons de animais: o professor coloca a gravação do som de um animal no aparelho de som e as crianças (em dupla ou não, em competição ou não) devem identificar qual figura disposta no Tapete é correspondente ao som escutado e assim com todas as demais possibilidades: sons da cidade, sons da natureza etc.

Objetivos:
• Desenvolver a percepção sonora e visual.
• Ouvir, perceber e discriminar eventos sonoros diversos.
• Reconhecer auditivamente fontes sonoras (instrumentos musicais, sons da natureza, sons do cotidiano, entre outras possibilidades).
•Identificar timbres de instrumentos musicais e sons variados.

Referências:
Programa de Apoio à Produção de Material Didático
Brincando e aprendendo: um novo olhar para o ensino de música
Iveta Maria Borges Ávila Fernandes-Coordenação e Supervisão


Referências
BARSA PLANETA INTERNACIONAL. O livro dos sons. 10. ed. São Paulo: Barsa Britannica, 2006. (v 5)
BRASIL.MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Referencial Curricular Nacional para a Educação In- fantil. Brasília: MEC/SEF, 1998. (v. 3)
BRITO, Teca Alencar. Música na Educação Infantil: propostas para a formação integral da criança. São Paulo: Peirópolis, 2003.
ENCICLOPÉDIA VIRTUAL: http://pt.wikipedia.org Acesso em 02/03/09.
HENTSCHKE, Liane. et al. A orquestra Tintim por Tintim. São Paulo: Moderna, 2005. Inclui 1 CD.
IMAGENS LIVRES: http://www.sxc.hu Acesso em 02/03/09.
PAREJO, Enny. Estorinhas para ouvir: Aprendendo a escutar música. São Paulo: Irmãos Vitale, 2007. Inclui 1CD.



Minhas dicas sobre o jogo: Segue abaixo algumas imagens que usei pra colocar em cima dos EVAs. Todas elas eu tenho o áudio (cd que vem com o livro: Jogando com os Sons e Brincando com a música, que já indiquei ele no vídeo dias atrás). 
Imprimi também animais e instrumentos e em cada etapa do jogo eu mudo o tema. 

Para fazer as imagens foi MUITO complicado. Basta digitar o que você deseja no Mestre Google (ahhahahha) copiar e colar no word. Dureza, não? Mas pra minha pessoa, que é lerda na área tecnológica tem que ser assim mesmo, fácil e rápido. kkkkkkk
E fica pra criatividade de vocês usarem outras imagens. 
Bom, chega de papo que faltam 5 minutos pra eu dar aula. ( estou num intervalo postando). 
Beijos e até a próxima postagem! 
Ah, qualquer dúvida, comentem no post que eu vou responder!!









segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Site bacana para professores de música!

Olá Pessoal! Tudo bem?
Antes de ir ao tema do post, gostaria de agradecer pelo carinho dos comentários e e-mails que recebo. Adoro ler e fico muito feliz que meu blog tem ajudado tantos professores. Infelizmente tive que tirar meu e-mail daqui porque não dava conta de responder todos ( que loucura hahahah).
Me desculpem por muitas vezes não responder os comentários também (mas leio TODOS, viu?) é que ando numa correria danada, porém, prometo que vou tentar me organizar para conseguir responder todos.

Então, vamos ao que interessa:
Hoje vim compartilhar um site muito bacana que descobri ontem através de amigas professoras. ( como é bom ter amigos da nossa área). Obrigada, Regiane por compartilhar comigo esse material!! :)


Pelo que vi é um site novo, ainda não conheço tudo, mas baixei o pdf do E-book e amei!
São dicas super simples de como construir instrumentos musicais com materiais recicláveis. 

Clique aqui para conhecer o site: Musiped
Página do Facebook: Musiped
http://www.musiped.com.br/





Espero que gostem e aproveitem como eu! :)
Beijos e até a próxima!