quinta-feira, 5 de junho de 2014

Boliche dos Sons

Olá pessoal!!! Depois de muito tempo apareci por aqui! hahaha 
Bom, primeiramente gostaria de pedir desculpas aos e-mails não respondidos e dizer que eu realmente não estou conseguindo ler todos!! Peço para que compreendam... Muitos me pedem cds, dicas, jogos etc.,  e como não consigo responder, vou tentando postar aqui, assim, a dúvida de um pode ser a de vários. Obrigada por sempre visitarem meu blog , apesar de um pouco esquecido, hehehe. 

Bom, vamos ao que interesse. Esse boliche não é minha ideia, eu apenas coloquei em prática um plano de aula que li.



Boliche dos Sons
Foto do das garrafas que eu mesma pintei. 


Faixa etária
3 a 4 anos

Número de jogadores
Mínimo: 02 jogadores Máximo: 20 jogadores.

Materiais que fazem parte do jogo
• 06 Pinos de plástico de diferentes cores (garrafas tipo Pet) contendo imagens de figuras de instrumentos musicais.
• 06 instrumentos musicais iguais os que estão na imagem de cada pino (garrafa). 
• 01 bola de tamanho pequeno feita de jornal, envolvida em meia fina (uso de material reciclável).

 Objetivos
Associar e Reproduzir os sons a partir da imagem.
Explorar a sonoridade dos instrumentos musicais de forma lúdica e prazerosa.
Propiciar o desenvolvimento integral das crianças por meio do fazer e do apreciar em música.

Conteúdos
• Socialização • Percepção visual • Discriminação sonora• Memória auditiva • Concentração • Coordenação motora • Exploração e reprodução de diferentes sons • Manuseio/exploração de instrumentos musicais

Modo de jogar
• Organização: Os pinos devem ser organizados no chão em forma de triângulo com espaçamento entre eles. As crianças são divididas em dois grupos para acomodá-las sentadas em fila na lateral da pista central. O professor poderá demarcar o espaço para o jogo e orientar sobre as regras do boliche.

• O jogo: Uma criança de cada vez (alternando a fila A e a fila B) joga a bola e tentará derrubar um pino. Em seguida, verificará qual pino derrubou e qual instrumento o pino representa. O aluno deverá identificar o instrumento primeiramente, e logo depois, buscá-lo para produzir o som.
Organização do espaço:
Observação: Caso a criança derrube mais de um pino, o jogador deverá escolher apenas um para dar continuidade à partida.


Referências:
Programa de Apoio à Produção de Material Didático
Brincando e aprendendo: um novo olhar para o ensino de música
Iveta Maria Borges Ávila Fernandes-Coordenação e Supervisão

ARGENTINA, Gobierno de La Ciudad Autónoma de Buenos Aires. Diseño Curricular para La Educacion Inicial. Buenos Aires: Dirección de Currícula, 2000.
BRASIL, MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF, 1998. (v.3)
BRITO, Teca Alencar de. Música na Educação Infantil: propostas para a formação integral da criança. 2a edição. São Paulo: Peirópolis, 2003.
FERES, Josete S. M. Bebê, música e movimento. Jundiaí-SP: Editora da autora, 1998. SWANWICK, Keith. Música, pensamiento y educación. Madrid: Ed. Morata, 1991
11. Autores
Diretora
Eulália Anjos Siqueira
Pesquisadores Estagiários
André José Rodrigues Júnior Sidney Pontes
Professoras
Ivani Mendes Pinto
Auxiliares de Desenvolvimento Infantil
Claudiceia Lagos Ribeiro da Silva Cristina Iacomini de Campos Maria Lúcia de Souza Correa




Comentários pessoais: Fiz o meu boliche nesta semana (veja as fotos). As crianças adoraram o jogo!
Os instrumentos que coloquei em cada garrafa são os que eu tenho e o que deu pra levar na aula. 
Dica para as classes de crianças mais novas: Não fiz competição com os maternais.
Sentados em roda, eu chamava um por um para que viessem jogar. 



Foi um sucesso! Aproveitem e construam seus boliches! :)


8 comentários:

  1. Muito legal , vou experimentar essa super ideia .

    ResponderExcluir
  2. Ao navegar pela net encontrei o seu blog, não li muito,mas gostei do que vi e li,espero voltar mais algumas vezes,deu para ver a sua dedicação e sempre aprendemos ao ler blogs como o seu.
    Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante, e se desejar deixe um comentário.
    Abraço fraterno.António.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Oi Alícia!
    Tivemos uns probleminhas no passado... você deve se lembrar de mim, eu caí na bobeira de publicar as ideias sem citar seu nome... Puxa, quero te pedir perdão por isso, fiz isso, e foi muito errado da minha parte, mas sem más intenções; eu apenas postava para não perder as atividades e ajudar a outros colegas que dão aula, que estudam comigo na faculdade...
    Na verdade vim aqui pra dizer que eu sou muito sua fã...você é muito criativa! As suas ideias tem ajudado muita gente!
    Queria saber se posso continuar publicando, mas sempre dando referência ao seu blog.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mirian, me lembro sim! Ah, desculpas aceitas! Imagine!! Estou acompanhando seu blog e ele está lindo e com excelentes materiais!! Entendo você, claro! Já cometi uns erros também. :)

      Obrigada pelas palavras e obrigada por compartilhar minhas atividades!!
      Grande beijo!!

      Excluir
    2. Que bom que nos entendemos rsrsrs
      Eu fiquei com isso por muito tempo na cabeça...me senti muito mal!
      Mas que bom saber que você passa lá no meu de vem em quando! :D
      Fiquei feliz!
      Bjs pra você, e sucesso!

      Excluir
  4. Com que tipo de tinta vc pintou as garrafas?
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Liliane! Pintei com tinta acrílica fosca. Mas antes passei um primer para plásticos e vidros. :)

      Beijos e obrigada por acompanhar o blog!

      Excluir

Muito obrigada pelo comentário e volte sempre.
Beijos! :)